Sun, Sep 06 | Parque da Água Branca

Oficina "Butô e as (po)éticas de Tatsumi Hijikata e Kazuo Ohno

Domingos | 13h - 16h | 06.09 | 13.09 | 20.09 | 27.09 | 04.10 | R$200 | Inscrições até 21.08.2020 | Apenas 10 vagas devido a Covid-19 | Inscrições pelo link: https://forms.gle/Qphx82R5s9NEcP387 Orientação Artística: Thiago Abel
Inscrições estão fechadas

Horário e local

Sep 06, 2020, 1:00 PM
Parque da Água Branca, Av. Francisco Matarazzo, 455 - Água Branca, São Paulo - SP, 05001-900, Brasil

Sobre o evento

Inscrições pelo link: 

https://forms.gle/Qphx82R5s9NEcP387

Devido às restrições necessárias em decorrência da pandemia do vírus Sars-CoV-2, esta oficina foi adaptada para ser realizada sem contato entre os participantes, com o devido uso de máscara e álcool gel, em espaço amplo e aberto.

A oficina propõe encontros teórico-práticos acerca dos processos de criação artística e concepções de corpo investigadas pelo fundador da Dança Butô, Tatsumi Hijikata, e seu principal colaborador, Kazuo Ohno; com foco em seu aspecto político-artístico na libertação das potências do corpo através de processos de diluição dos automatismos sociais, das ordenações civilizatórias, do controle biopolítico, em combate a todas as estruturas que estão a serviço de despotencializar e controlar a vida.

 

Constituída por referencial bibliográfico, palestra, práticas de dança e performance, a oficina apresenta os procedimentos de criação investigados pelo Núcleo Experimental de Butô para que o corpo experiencie as principais matrizes (po)éticas da dança butô acerca da vida, da morte, do corpo e da dança.

Além disso, oferece material consistente para maior conscientização do cenário sociopolítico e artístico desta manifestação vítima de equívocos em sua seara pelo mundo, contextualizando o participante do conteúdo ético, poético e político da Dança Butô, apartando a dança de uma instrumentalização estética ou do engessamento de matrizes visuais, fundamentando-a enquanto uma epistemologia de dança embasada em matrizes (po)éticas, isto é, uma manifestação cênica alicerçada uma pensamento fundamental, como uma ética ou uma arte de vida que revelou aspectos profundos da existência e o verdadeiro estado do corpo. 

Desse modo, a dança foi transformada e aprofundada até chegar ao nível de uma filosofia da carne.

Esta oficina já foi realizada em são paulo (UNICAMP, PUC-SP, O.C. OSWALD DE ANDRADE, Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo), Fortaleza (IFCE), Rio de Janeiro (MAM-RJ), Londrina (Usina Cultural), Belo Horizonte (Associação Casa do Estudante), e suas palestras foram apresentadas na Universidad Estadual Del Estado de Hidalgo (México), no II Encontro Internacional de Dança Infinita de Cusco (Peru) e na Ocupação Taanteatro no Teatro de Arena, espaço histórico de resistência da cidade de São Paulo. 

O conteúdo desta ação advém da dissertação de mestrado de Thiago Abel “(Po)éticas do ctônico: primeiros movimentos do butô no Brasil” (UNICAMP) e das explorações realizadas pelo Núcleo Experimental de Butô, laboratório cênico residente em São Paulo desde 2014 que investiga as (po)éticas deste projeto político-artístico, pesquisando seus desdobramentos no Brasil – após seis décadas de sua fundação em Tóquio – e experienciando práticas que possibilitem o acesso a essa manifestação artística repleta de inquietações ainda não exploradas e que permanecem relevantes à sociedade atual.

ORIENTAÇÃO ARTÍSTICA: THIAGO ABEL

Doutorando em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade  Católica de São Paulo (PUC-SP), na área de concentração "Signo e  significação nos processos comunicacionais", linha de pesquisa "dimensões  políticas na comunicação", com a tese "Butô como micropolítica do corpo:  experiências (po)éticas e epistemológicas" sob orientação de Christine Greiner. 

Mestre em Artes da Cena na área de concentração "Teatro, Dança e Performance", linha de pesquisa "arte e contexto", pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) com a dissertação “(Po)éticas do ctônico: primeiros movimentos do butô no Brasil”.

Coordenador e performer do Núcleo Experimental de Butô, licenciado em Teatro (Mozarteum), técnico  em Teatro (INDAC) e Dança  (ETEC), especializado em performance e live art (SP Escola de Teatro), a palavra poética em cena (SESC), educação e arte contemporânea (Bienal de Arte SP) e procedimentos de criação cênica (Laboratório de Processos de Criações Atorais – LAPCA-UNESP), foi membro do Encontro Internacional de Dança Infinita - Flutuações do Butô em Cusco (Peru), ator na Trupe da Boemia e dançarino do Coletivo Perdido de dança contemporânea. Já colaborou com a Taanteatro Companhia e com a Cia. Perversos Polimorfos. 

Tem como principal referência estudos e trabalhos realizados com Christine Greiner (PUC), Maura Baiocchi (Taanteatro Cia.), Marco Xavier (Cia. Tamanduá), Ana Cristina Colla (Lume), Ana Chiesa (Brasil), Carlos Cruz (México), Edgar Ramirez (Colômbia), Simone Mello (Peru), Tess de Quincey (Austrália), Min Tanaka (Japão) e Ko Murobushi (Japão).

Mais informações: http://lattes.cnpq.br/5222061443358399

Inscrições estão fechadas

Compartilhe esse evento

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn

©2020 por Thiago Abel