o ninho tá pronto




o corvo do thiago juntou um monte de filhote diferente no mesmo ninho. tem passarinho da grécia, do rio da prata, do japão, da coreia ocupada e de pindorama. dos que batem com os pés e dos que batem os tambores. dos que cantam e dos que imitam. dos que se equilibram e dos que rodopiam. qualquer semelhança com drive my car é mera coincidência, sim.


e todo mundo já tá preparado pra voar. ficou faltando nossa belíssima cisne, não pôde ir. mas se estivesse junto da ninhada, já ia querer voar também.


... preparado pra voar pode ser um exagero. todo mundo já quer alçar voo. mas, calma, passarinho. o vento ainda tá aquecendo, a árvore ainda tá subindo. seu esqueleto ainda nem tá pronto.


vamos começar por aí? por te dar ossos de verdade? não é só porque você tá no ninho que você já pode sair por aí voando. tem que ter osso em cada canto desse corpinho bonito. pra voar com as asas. ou não. voar com os pés ou com as costelas. com a boca ou com os olhos. com o som ou com o cheiro.


primeiro, vamos pesar. ossos densos como pedra. pra depois encontrar o impulso, a leveza, a força. e voar.

voar

e voar


...


o bonde tá formado. o ninho tá cheio. o céu não vai ser o limite. então, vamos até as trevas.


/////////////////////////////////////

sábado, 09 de abril de 2022

31 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Não basta aquecer durante a cena dos Ossos - Faz-se urgente uma CENA ZERO que traga recursos de escuta e (auto)cuidado entre dançarines. O que nos nutre sem ser a estrutura dramatúrgica? Onde estão no

Vontade de enviar um artigo não respeitando muito as questões acadêmicas, mas escrito pelos 5 dançarinos com subtítulos como: - Apanhar em praça pública de uma criança e sua mãe bolsonarista - Um poli